MÚSICA

 





 

AWARD




 

DATA

 




 

MURAL


NÃO SAIA SEM COMENTAR!


 

HISTÓRICO





01/10/2012 a 31/10/2012
01/09/2012 a 30/09/2012
01/08/2012 a 31/08/2012
01/07/2012 a 31/07/2012
01/06/2012 a 30/06/2012
01/05/2012 a 31/05/2012
01/04/2012 a 30/04/2012
01/03/2012 a 31/03/2012
01/02/2012 a 29/02/2012
01/01/2012 a 31/01/2012
01/12/2011 a 31/12/2011
01/11/2011 a 30/11/2011
01/10/2011 a 31/10/2011
01/09/2011 a 30/09/2011
01/08/2011 a 31/08/2011
01/07/2011 a 31/07/2011
01/06/2011 a 30/06/2011



AMIGOS

 





Alegria de Viver
Alma do Poeta
A Lua e Eu
A Magia dos sonhos
Amizade e Flores
Andréa
Anjo Sedutor
Art By Cinthia Duin
Beijo Secreto
Belas coisas
Blog da Angélica
Blog da Eimy
Blog da Monique
Blog da Nayr
Blog da Rosária
Blue Sapphire
Cacau
Cantinho da Nadja
Casal de Lobos
Celi
Click da Fadas
Conceição
Conta Gotas
Contos da Rosa
Corações & Segredos
Curta - Helô
Doce Segredo
Dulcinéa
Esconderijo da Bandys
Fantasia - Soraia
Fenix 27
Fonte de Amor
Fragmentos da Alma
Inconfidências
Instantes Pequenos
Lindalva
Livro dos Dias
Maga do Tempo
Maria Selma
Mariz
Menina Virtude
Meu Recantinho
Nalu Farias
Norminha
Pensamentos -Teresa
Petalas de Rosa
Rafaela
Silwia
Vanderlei
Vandinha
Yvonne



VOTE




Dê uma nota para meu blog

Indique esse Blog

CRÉDITOS

 


CONTADOR


 


 



PERFIL


 

Um pouco sobre o autor.

Mario Neves

Nasceu na cidade de Regente Feijó, região oeste de SP, no dia 25/06.
Sua formação é o básico, fugiu um dia dos bancos escolares por causa da matemática.
O desamor pelos números foi plenamente compensado pelo seu grande amor pelas letras,
com as quais hoje vive abraçado.
É um escritor-cronista.
Sua preferência é escrever textos em prosa, mas compõe poesias também.
Um ser romântico como todo nativo de câncer e completamente desbragado quando fala de amor.

AMOR...DESBRAGADO AMOR...

Meu amor já foi puro, casto,
já foi amor de uma só mulher.
Mas embebedou-se em ilusões,
drogou-se em falsas promessas,
sofreu tantas ingratidões,
foi ferido, maltratado,
que mudou o seu espírito.

Então o meu...sereno amor...
tornou-se desbragado, afoito,
de tanto apanhar e sofrer.

Agora acusam o meu amor
de ser cafajeste e canalha.

Sei que ele já não é o mesmo,
pode até ser indecoroso, impudico,
desenfreado, libertino, dissoluto,
mas mesmo assim ainda é amor...

Amor pode mudar a sua forma,
mas não perde a sua essência.

Sei que um dia vou ser amado
tão intensamente por alguém,
com tanta pureza e a tal ponto
de me ver curado deste meu...
"Amor...Desbragado amor"...


MARIO NEVES



 

MEUS PRESENTES


Pétalas de Rosas





Image Hosting


Image Hosting

Image Hosting

Image Hosting

Image Hosting





Image Hosting

Image Hosting

Image Hosting

Image Hosting

Image Hosting

Image Hosting

Image Hosting

Image Hosting

Image Hosting






 

MEUS PRÊMIOS






Image Hosting

Image Hosting

Image Hosting

Image Hosting

Image Hosting

Image Hosting

Image Hosting

Image Hosting

Parabéns pelo lindo Blog!




 

PRESENTE P/ VOCÊ




PRÊMIO



VISITARAM



 



 

 

 

 

MAPA ASTRAL

 

( Libra )

 

23/09 a 22/10

 

  

O signo de libra está associado

a beleza, ao amor e a harmonia.

Signo do amor conciliador

e agradável ao amor conjugal.

Num prato põe o amor  fraterno,

no outro o amor físico e sensual.

 

A libriana não tem limites para  amar

apaixonada desdobra-se em carinhos

conjuga seus verbos preferidos:

Eu amo, Eu equilibro.

E nesse espírito vai pela vida

admirando todos os caminhos.

 

Os caminhos floridos e bucólicos,

os caminhos de dias de chuva,

os caminhos nublados e nevoentos,

os caminhos dourados de sol,

vendo sentido e razão em todos eles.

 

Não aceita de bom grado a idéia,

de ter que optar por um dos caminhos,

ela aprova todos os destinos

e evita deparar-se com tal situação.

 

A libriana por sua índole é justa,

abomina intriga e mal entendidos.

Sofre muito quando tem que decidir,

ao ter que mover pesos na balança,

porque ama e deseja ser justa.

 

Detesta a injustiça a tal ponto

de se colocar em segundo plano,

somente  para não desequilibrar.

 

Atrai com elegância e bom gosto,

sendo amável  pacífica e gentil,

encantadora, humanitária, diplomática,

possui uma aparência simpática

realçada na elegância de se vestir.

 

Dona de um coração que não discrimina,

é a mulher conciliadora do zodíaco.

Eu acredito naquela famosa frase:

"Agradar a gregos e troianos"

Só pode ser de autoria de uma libriana.

 

 

 

 

 

 

  

 

MIDI:The more I see you

 

 

com Eduardo Lages

 

 

  



- Postado por: Mário Neves às 10h44
[ ] [ envie esta mensagem ]




  

 

 

 

Os meus tristes ais...

 

 

  

Que ninguém ria dos meus ais...

porque eles foram consentidos,

não vieram ao acaso e sem querer.

Por isso não zombe deles jamais,

não significam apenas meu sofrer,

foram bons momentos perseguidos

e acalentados em mim e na paz.

 

Antes deles se tornarem gemidos,

foram pra mim uma doce ventura,

foram fios de um magnífico sonho.

Quero pois, o amor em mim  retido,

quero viver meus ais sem amargura,

e por isso em meu peito eu ponho

um coração eternamente agradecido.

 

Dos meus ais, soluços de amor  fiz,

embora possam parecer de sofrimento

os meus ais são a voz e meu destemor.

São a minha vontade louca de ser feliz,

o meu palco, a vida e o deslumbramento.

Foram e serão o desejo de doar meu amor,

que infelizmente  quem amo  não  quis.

 

Meus ais são raízes, adubo de paixão,

versos que soam e no amor se esvai,

soluços que fazem de mim um poeta,

um artesão a esculturar a doce ilusão.

Este poema que agora da alma sai,

é triste, mas não rouba minha meta,

que é fazer muito feliz o meu coração.

 

Não zombe, a minha vida não acabou

Não ria de meus ais, ainda não é o fim...

Porque inspirado em meus ais eu vou

buscar alguém que saiba gostar de mim.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

MIDI:Solitude

 

 

com Ernesto Cortazar

 

 

 



- Postado por: Mário Neves às 10h36
[ ] [ envie esta mensagem ]




 

 

 

 

 

MINHAS MANHÃS

 

  

Gosto de minhas caminhadas matinais

nelas há muito mais que exercício físico.

Minhas manhãs são de pura inspiração

É feita de poesia minhas doces manhãs!

 

As minhas manhãs são tão douradas

até mesmo quando o sol não aparece,

Tem todas as quatro estações do ano,

e em minha alma é sempre primavera!

 

Tudo porque por elas também caminha

uma mulher fascinante, encantadora musa,

na mesma passarela por onde eu passo

ela também desfila sua graça e caminhar

 

Eu diria que ela não anda e sim flutua

Na verdade ela não caminha, ela levita,

e com toda elegância, pela pista desliza,

Para aqueles que tem olhos para ver.

 

Encantado não sei se faço a caminhada

ou me sento na praça pra ver ela passar.

O tempo voa mais que meu pensamento

nesta curtíssima hora que a vejo desfilar.

 

Quando então ela se prepara para ir embora

fazendo os seus alongamentos derradeiros,

a esperança diz consolando a minha tristeza:

"Amanhã ela volta, e terá outra hora pra sonhar".

 

 

 

 

 

 

 

  

 

MIDI:C'est magnifique

 

 

com Franck Pourcel

 

 

 

  



- Postado por: Mário Neves às 11h27
[ ] [ envie esta mensagem ]




 

 

 

 

 

Na rotina de um mecânico relógio

o tempo pode ser sempre igual,

mas cada segundo bate diferente

no coração de um ser humano.

 

 

 

O TEMPO E O DESTINO

 

  

Na vida somos o projétil e o alvo

Tanto podemos atingir

Como podemos ser atingidos.

O tempo e o destino regem

A nossa tão frágil existência.

 

O tempo e o destino são irmãos,

Dois irmãos siameses e distintos

Em temperamento e modo de ser,

Contudo interligados no fio da vida.

 

O tempo é cordato, maleável,

Aceita rédeas e se deixa montar.

Já o destino é arisco, muito sutil,

Imprevisível no azar ou na sorte.

 

O tempo é aquilo que vivemos,

Destino o que ainda vamos viver.

 

O tempo a gente escolhe, organiza,

Soma, divide, tira proveito ou não.

O destino não temos pleno controle,

Um ardil pode vir a qualquer momento.

 

Não reclame se energia do universo

Não faz sua vida ser tal qual sonha.

Se você não permite ao seu tempo,

A oportunidade de mudar seu fado.

 

O tempo é dado em dose igual a todos

Não se tem mais horas um que o outro.

Destino é uma obra escultural do tempo

Na edificação de nosso sucesso pessoal.

 

O tempo você escolhe livremente,

É todo seu em todas as horas do dia

Já o destino você pode apenas lapidar

Com seu denodo, amor e disciplina.

 

Faça seu tempo, e ajude seu destino!

 

 

 

 

 

 

 

 

  

 

MIDI:As time goes by love

 

 

com Ernesto Cortazar

 

  



- Postado por: Mário Neves às 10h34
[ ] [ envie esta mensagem ]



Agradeço a

DEUS...


A sensibilidade, olhos d‘alma,
Para colher na vida,
no cotidiano,
Momentos alegres e até tristes,
Mas sobretudo,
momentos de amor.
Agradeço a fé e ao amor...
Por serem a razão,
Principal e definitiva...
No palco de minha existência.
Agradeço a meu coração...
Por ele ter feito de mim,
Este obstinado e emotivo
Construtor de palavras .

Mario Neves